Notícias

Sangue de Boi no Café? É Verdade ou Mentira?

Published by
Sangue de Boi no Café??? Fato ou Fake?

Café com sangue de boi? Um boato desmentido pela ABIC e Anvisa! Entenda como essa informação foi negada e como afeta a indústria do café.

Nas redes sociais, circula um áudio atribuído a um suposto carregador de café, afirmando que o café moído e embalado a vácuo teria adição de sangue de boi para dar peso e volume. No entanto, essa informação não é verdadeira e foi negada pela ABIC (Associação Brasileira da Indústria de Café).

Assim, a associação desmente a alegação e registrou um boletim de ocorrência na 4ª Delegacia de Investigações Gerais de São Paulo. Sendo assim, para combater a disseminação dessa desinformação. Além disso, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) não prevê tal mistura em suas normas e regulações.

Origem do boato e experimento caseiro

A postagem que deu origem a essa verificação foi um vídeo publicado no Facebook em 3 de fevereiro de 2022, também disponível no YouTube. Nele, um homem dissolve café em pó de quatro marcas diferentes em copos d’água e, em um quinto copo, coloca um pó de café supostamente moído em casa com um liquidificador.

Então, começam a dissolver na água e apresentam colorações distintas, enquanto o pó de café moído em casa não se dissolve até o final do vídeo. Entretanto, o vídeo não faz relação direta entre o experimento e o suposto sangue no café

Entretanto, menciona o boato como uma possibilidade de explicação.

Desmentido pela ABIC e Anvisa

A informação de que produtores de café brasileiros usariam sangue de boi para encorpar o produto em sua versão em pó é falsa.

A desinformação, divulgada por áudio no WhatsApp e vídeo no Facebook, foi desmentida pela ABIC, que registrou um boletim de ocorrência para que a origem e a disseminação do conteúdo enganoso sejam investigadas.

Related Post

Ademais, a Anvisa também não permite tal mistura no café produzido no Brasil.

Assim, a única norma da Anvisa que cita a presença de material oriundo de animais é a Resolução nº 14/2014, que estabelece um limite de tolerância para matérias estranhas no café torrado e moído.

Portanto, segundo o texto, são tolerados 60 fragmentos de insetos em cada 25g do produto, indicativos de falhas das boas práticas, mas sem riscos.

Posicionamento da ABIC e Friboi

Em nota publicada no Facebook, a ABIC classifica a informação sobre a incorporação de sangue ao café como “fake news” e busca identificar os autores dessa notícia falsa.

Assim, a Friboi, frigorífico citado nominalmente no áudio como fornecedor do sangue de boi, também negou as informações.

Gostou de “Sangue de Boi no Café? É Verdade ou Mentira?”?

Então, leia mais em Notícias.

  • Recent Posts

    Qual o Futuro Tecnológico do Agronegócio?

    Diante de crescimento financeiro do Ramo Agropecuário, as cooperativas baianas se preparam e estão de… Leia Mais

    03/03/2024

    Agrotech: startups trazem tecnologia e inovação para o agronegócio

    Agrotechs: O cenário das agrotechs ocupa o terceiro lugar (11,8%) entre os segmentos mais comuns… Leia Mais

    03/03/2024

    Árabes e Brasileiros: Diferenças e Semelhanças quando o assunto é o café

    Semana Internacional do Café teve demonstração do preparo à moda das aldeias árabes em programação… Leia Mais

    03/03/2024

    O que é Café Arábica?

    O que é Café Arábica? Você já deve ter ouvido falar neste nome, correto? Afinal,… Leia Mais

    03/03/2024

    Café orgânico vs café convencional: a diferença é real

    Você sabe a diferença? Entenda as diferenças de produção, sabor e impacto ambiental entre o… Leia Mais

    03/03/2024

    6 Estratégias de marketing internacional de empresas agrícolas

    6 Estratégias de marketing internacional de empresas agrícolas: Confira estas dicas de Ricardo Martins, especialista… Leia Mais

    15/02/2024

    Este site possui cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com a utilização.

    Leia Mais