Artigos

Cooperar é o caminho para aumentar a adesão de tecnologias

Published by
Cooperar é o caminho para aumentar a adesão de tecnologias. Foto: Divulgação/Lindsay América Latina

O mês de julho homenageia e celebra o cooperativismo no Brasil, um importante movimento que nos últimos anos tem se consolidado, principalmente no agronegócio nacional. Segundo informações do AnuárioCoop 2022 – Dados do Cooperativismo Brasileiro, o total de pessoas associadas às sociedades cooperativas chegou a 18,8 milhões. O número é 10% superior ao de 2020. Especialistas veem esse tipo de organização como a alternativa mais rápida e segura no acesso das pequenas e médias propriedades rurais às tecnologias.

Segundo o presidente da Coplacana, Arnaldo Antonio Bortoletto, cooperativa que atualmente conta com aproximadamente 11 mil associados e mais de 35 filiais distribuídas nos estados de São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Paraná, esse sistema de organização gera oportunidades para todos na cadeia produtiva. “Este é um caminho que mostra que é possível unir o desenvolvimento econômico e social, produtividade e sustentabilidade, o individual e o coletivo. Dessa forma o cooperativismo vem crescendo muito no Brasil e hoje mais de 50% da produção nacional passa por algum cooperado”, diz.

Grande desafio na hora de cooperar

O grande desafio de importantes cooperativas como a Coplacana não é apenas o de buscar tecnologias do mercado. Mas, sobretudo desenvolver estratégias para torná-las acessíveis aos agricultores. De acordo com Bortoletto, hoje todas as alternativas para cooperar precisam se enquadrar no conceito ESG, sigla em inglês para “Environmental, Social and Governance“, que em português pode ser traduzido como ambiental, social e governança.

Entre as preocupações da cooperativa, principalmente no pilar ambiental, está o uso racional da água por seus cooperados. “O Brasil é um dos principais países no mundo na produção de grãos e de alimentos. Pois temos as três condições necessárias (terra, sol e água), porém, sabemos que este último é um recurso cada vez mais escasso. Portanto, temos que tomar cuidado e utilizá-la de forma consciente”, destacou.

Nesse sentido, a Coplacana recentemente firmou uma parceria com a Lindsay América Latina, empresa representada pelas marcas Zimmatic™ e FieldNET™, que atua na fabricação e distribuição de pivôs centrais, laterais e soluções de tecnologia de irrigação há mais de cinco décadas. “Com um sistema de irrigação planejado e bem tecnificado, além de economia, podemos fornecer à planta somente a quantidade necessária de água que ela precisa, evitando principalmente o estresse hídrico”, destaca Bortoletto.

Related Post

Eficiência na irrigação

A maior economia de água, no ato da irrigação de uma lavoura, consiste em acertar o momento correto que a planta precisa e na quantidade exata, no local correto, sempre aproveitando o recurso que já está disponível no solo. Uma das ferramentas eficientes hoje nesse sentido é o FieldNET Advisor. Com gerenciamento remoto e manejo da irrigação, a solução foi desenvolvida pela Lindsay e é totalmente integrada à plataforma FieldNET.

Com a ferramenta, a ideia é aplicar realmente o necessário, permitindo que as plantas expressem o máximo do seu potencial produtivo. Mas, isso tudo, com foco em reduzir os custos com energia e o uso da água, uma solução altamente eficiente e sustentável. Além disso, é importante salientar que a agricultura irrigada pode proporcionar uma produtividade de duas até três vezes maior do que áreas de sequeiro (não irrigadas).

A técnica oferece outras vantagens, como: melhoria na qualidade dos produtos, redução de custos unitários, atenuação dos impactos da variabilidade climática, otimização de insumos e equipamentos e o aumento na oferta e na regularidade de alimentos. “Buscamos constantemente ferramentas como essas, que além de maior produtividade, vão gerar aos nossos cooperados uma produção cada vez mais eficiente e sustentável”, finaliza o presidente da Coplacana.

Lindsay

A Lindsay América Latina com escritório em Campinas (SP) e fábrica em Mogi Mirim (SP) – Brasil, produz uma linha completa de sistemas de irrigação, representada pelas marcas Zimmatic™ e FieldNET™. Com sistemas de irrigação operando em mais de 90 países, a Lindsay atua na fabricação e distribuição de pivôs centrais, laterais e soluções de tecnologia de irrigação há mais de cinco décadas, e tem sede global em Omaha, no estado do Nebraska, EUA. Ademais, confira tudo sobre a empresa em www.lindsay.com.br.

Gostou de “Cooperar é o caminho para aumentar a adesão de tecnologias”?

Então, leia mais em Notícias.

Share
Published by
  • Recent Posts

    Qual o Futuro Tecnológico do Agronegócio?

    Diante de crescimento financeiro do Ramo Agropecuário, as cooperativas baianas se preparam e estão de… Leia Mais

    03/03/2024

    Agrotech: startups trazem tecnologia e inovação para o agronegócio

    Agrotechs: O cenário das agrotechs ocupa o terceiro lugar (11,8%) entre os segmentos mais comuns… Leia Mais

    03/03/2024

    Árabes e Brasileiros: Diferenças e Semelhanças quando o assunto é o café

    Semana Internacional do Café teve demonstração do preparo à moda das aldeias árabes em programação… Leia Mais

    03/03/2024

    O que é Café Arábica?

    O que é Café Arábica? Você já deve ter ouvido falar neste nome, correto? Afinal,… Leia Mais

    03/03/2024

    Café orgânico vs café convencional: a diferença é real

    Você sabe a diferença? Entenda as diferenças de produção, sabor e impacto ambiental entre o… Leia Mais

    03/03/2024

    6 Estratégias de marketing internacional de empresas agrícolas

    6 Estratégias de marketing internacional de empresas agrícolas: Confira estas dicas de Ricardo Martins, especialista… Leia Mais

    15/02/2024

    Este site possui cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com a utilização.

    Leia Mais