Artigos

No mês do agronegócio, especialista indica solução para um dos maiores desafios do setor

Published by

No mês de fevereiro se comemora o Dia do Agronegócio (25). Atualmente, o Brasil é o terceiro maior produtor de alimentos e fibras do mundo, somente atrás da China e dos Estados Unidos. No entanto, ocupa a segunda posição global de exportadores, o que faz do setor um dos principais impulsionadores da economia brasileira.

Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o agro foi responsável por quase metade das exportações nacionais em 2020, resultando em uma participação recorde de 48%, com destaque para itens como carne, soja, milho, algodão e produtos florestais. 

De acordo com Giordania Tavares, CEO da Rayflex, maior referência nacional na fabricação de portas rápidas no Brasil e América Latina para a indústria, apesar da alta performance do ecossistema, a armazenagem ainda é um desafio enfrentado pelo segmento.

Desafios na conservação dos insumos

“A conservação dos insumos no pós-colheita é fundamental para garantir o abastecimento do mercado durante o ano inteiro. Sendo assim, os produtores costumam se utilizar de silos, que nada mais são do que grandes construções de armazenamento, especialmente de grãos. Contudo, devido a dimensão e complexidade dessas estruturas, podem ocorrer graves acidentes de trabalho, além de ter risco de incêndio e explosões”, diz a executiva. 

Como alternativa de amenização desses riscos, a especialista indica o investimento em inovação. “A tecnologia veio para garantir maior segurança e redução de custos nos processos do agro, mas sem abrir mão da eficiência. No desafio da armazenagem em silos, um recurso aliado aos produtores são as portas rápidas. A iniciativa fornece condições ideais a fim de evitar perda ou comprometimento da carga, além de conter sensores responsáveis pela segurança dos colaboradores”, explica Giordania. 

Related Post

No mercado, o produtor pode encontrar mais de uma porta rápida, que se adequa melhor a diferentes cenários, sendo possível citar as seguintes situações. Por exemplo, vedação completa contra a entrada de pragas e sujeiras, proteção contra agentes externos (ventos e chuvas), segurança patrimonial, proteção contra a troca de ar entre os ambientes interno e externo e sensores de segurança. 

Sobre a Rayflex

Criada em 1988, a Rayflex é líder do mercado nacional de portas industriais com fabricação nacional. Atua em todos os estados do Brasil e na América Latina nas indústrias alimentícias, farmacêuticas, automobilísticas, metalúrgicas, no agronegócio, além de galpões e centros logísticos de distribuição.

É especializada em porta rápidas, portas, abrigos e niveladoras para docas, desenvolvidos especialmente para isolamento e segurança dos mais variados ambientes industriais. Ademais, saiba mais aqui

Foto: Divulgação

Gostou de “No mês do agronegócio, especialista indica solução para um dos maiores desafios do setor”?

Então, leia mais em Notícias.

Share
Published by
  • Recent Posts

    Qual o Futuro Tecnológico do Agronegócio?

    Diante de crescimento financeiro do Ramo Agropecuário, as cooperativas baianas se preparam e estão de… Leia Mais

    03/03/2024

    Agrotech: startups trazem tecnologia e inovação para o agronegócio

    Agrotechs: O cenário das agrotechs ocupa o terceiro lugar (11,8%) entre os segmentos mais comuns… Leia Mais

    03/03/2024

    Árabes e Brasileiros: Diferenças e Semelhanças quando o assunto é o café

    Semana Internacional do Café teve demonstração do preparo à moda das aldeias árabes em programação… Leia Mais

    03/03/2024

    O que é Café Arábica?

    O que é Café Arábica? Você já deve ter ouvido falar neste nome, correto? Afinal,… Leia Mais

    03/03/2024

    Café orgânico vs café convencional: a diferença é real

    Você sabe a diferença? Entenda as diferenças de produção, sabor e impacto ambiental entre o… Leia Mais

    03/03/2024

    6 Estratégias de marketing internacional de empresas agrícolas

    6 Estratégias de marketing internacional de empresas agrícolas: Confira estas dicas de Ricardo Martins, especialista… Leia Mais

    15/02/2024

    Este site possui cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com a utilização.

    Leia Mais